Postagem em destaque

Resenha do livro: POSTMAN, Neil. O Desaparecimento da Infância.

Resenha do livro: POSTMAN, Neil. O Desaparecimento da Infância. Tradução: Suzana Menescal de A. Carvalho e José Laurenio de Melo. Rio d...

Bullying: De vítima a agressor...

Começo minha postagem de hoje com uma frase de nosso querido mestre, educador e humanizador:
 *Içami Tiba*




"É muito mais difícil ser pai hoje do que antigamente, quando o pai chegava, batia no filho e pronto. No entanto, os pais não educavam os filhos melhor que hoje. Isso que estamos passando atualmente é resultado da má educação que eles nos deram e nós sobrevivemos às nossas custas, porque eles só foram chefes, só repetiram sistemas tradicionais. Fizeram o que os pais deles fizeram e os pais dos pais deles fizeram. Vinham em uma linha da chefia do "eu olho e você obedece". Essa geração de pais de hoje, os pais sufocados, é uma geração louvável de pais, pois eles apanharam na infância, se formaram por conta própria e, lógico, não foram perfeitos. Então, acabam "apanhando" hoje dos filhos. E é por isso que os chamo de pais sufocados..." (Frases e Pensamentos de Içami Tiba)
http://www.frases.mensagens.nom.br/frases-autor-i-icamitiba.html




O vídeo abaixo postado no youtube nos mostra claramente como a nossa sociedade é violenta.Consumimos isso 24 horas por dia.A maioria das pessoas colocaram esta criança que inicialmente foi "vítima" de bullying e em um impulso agride o até então"agressor", como heroi. A TV mundial e a internete, fazem um sensacionalismo com tudo, como não seria diferente, é um sucesso o vídeo postado na web sobre o garoto Casey Heines (Zangief kid) que revidou a um bullying.Não sou defensora do bullying, muito pelo contrário fui vítima dele em toda a infância e adolescência, mas como educadora e mãe, posso afirmar que a violência não é o caminho para acabar com o bullying presente em todos os lugares, inclusive em nossas casas.
Podem acreditar! Conheço pais que praticam o bullying com seus próprios filhos ridicularizando-os diante da família.
O bullying faz parte do contexto social contemporâneo.A violência está a cada dia mais próxima de nós, e isso se tornou um fato natural; agredir e revidar.
Me parece que a humanidade evoluiu muito em matéria de tecnologia, mas avançamos muito pouco no que diz respeito ao universo humano e seus mistérios.
O homem conhece mais as constelações e os planetas do que a sí próprio; e olha que para viajar ao interior deste "universo humano", não é preciso muito: o veículo condutor chama se auto-conhecimento.As antigas civilizações que prosperaram no passado já sabiam da importância desta prática.
A prática do auto-conhecimento é fundamental na vida de todos nós...“Conhecer os outros é inteligente, conhecer-se a si mesmo é a verdadeira sabedoria. Dominar os outros é força, dominar-se a si mesmo é o verdadeiro poder”. Oscar Wilde.
Assim seremos melhores pais e melhores seres humanos, fazendo jus ao verdadeiro significado do termo :Ser humano!

O que mais quero é alertar a todos vocês.Cuidado com o que a mídia nos "mostra".Vamos analisar e tirar nossas próprias conclusões.Não devemos copiar e passar adiante tantas insanidades que vemos por aí.
Devemos modificar o ser humano, educá-lo para a vida, para se relacionar com o outro.Deveríamos ter nas escolas a matéria "Aprendendo a se relacionar com o outro", mostrar para a criança a importância do outro em nossas vidas e as consequências destas relações.
Hoje ocorreu comigo algo curioso:
Meu filho de 7 anos se aproximou de  mim chorando.Veio me contar que havia chamado um determinado  colega de "bicha"e que este colega ficou triste e muito irritado.Perguntei a ele se sabia o que significava esta palavra e ele não sabia.Expliquei a ele o que significava, falei do preconceito que este termo carrega, que não devemos fazer isso e etc.Mas ele me disse que não concordava com isso, foi obrigado a agir assim, pois caso ele não o fizesse, os meninos maiores bateriam nele.Vejam como esta prática cruel tem consequências imenssuráveis.

Um grupo de crianças praticando o bullying e dentre estes agressores existem crianças vítimas deste mesmo processo de tortura, como um bumerang o bullying vai e volta.
percebi então que meu filho além de agressor, era tão vítima quanto o garoto agredido.
É quase um efeito dominó; cai a primeira peça depois as outras simultaneamente e ficamos embasbacados assistindo a tudo sem reagir.Que sociedade estes pobres meninos vão construir?
Se continuar assim, as ruas serão como campos de extermínio, no lugar de casas teremos sanatórios, cemitérios e abatedouros humanos.O conceito de humanidade precisa ser revisto.


Não é apenas uma questão cultural ou política.É uma questão de honrra. É preciso honrrar a nossa condição humana respeitando o nosso próximo, criticando menos o vizinho, sorrindo mais para o trocador de ônibus, brincando com os filhos, conversando e ouvindo os nossos idosos, vendo menos televisão e se o fizer procure por uma programação de qualidade ou filmes que tragam alguma mensagem enriquecedora para você.Respeitar a natureza.São pequenas coisas que no fim farão a grande diferença.

Nadar pelado no rio ou no mar...


fazer um piquenique...


andar descalço na terra...

catar conchinhas na praia...

subir em uma montanha

brincar na chuva...


 rir de si mesmo sempre...
e...




...e


...e
???????????????
...você pode completar este texto como quiser.
 Faça de sua vida uma fonte inesgotável de paz e sabedoria.
Viva com simplicidade ...
 Este é o verdadeiro sentido da palavra humanidade.

Texto de DANUBIA ROCHA

Se você quiser copiar este texto favor colocar o link abaixo da postagem, não viole os direitos autorais é crime.



A versão de Richard Gale o agressor agredido:


9 horas de músicas relaxantes

Total de visualizações de página

Depende de nós....

Depende de nós....

Populares