Postagem em destaque

Resenha do livro: POSTMAN, Neil. O Desaparecimento da Infância.

Resenha do livro: POSTMAN, Neil. O Desaparecimento da Infância. Tradução: Suzana Menescal de A. Carvalho e José Laurenio de Melo. Rio d...



Para a criançada informação é muito importante não tem idade para começarmos a educar com respeito e cidadania ensinando também, que devemos continuar amando pessoas respeitando, independente de sua  condição se são portadoras da doença, pois estas continuam suas vidas normalmente.Conviver com a aids apenas modifica os hábitos de vida de uma pessoa e não  devemos nos afastar ou excluir e devemos sim, aprender muito com elas, pois a elas é dada a chance de ver a vida com verdade.Vivem intensamente tudo.Meu carinho a todos que lutam por esta causa e que tem muito a ensinar. Parabéns amigos! E força!


O dia 1 de dezembro foi escolhido como Dia Mundial de combate à AIDS, quando o mundo une forças para a conscientização sobre esta doença. Desde o final dosanos 80, o Dia Mundial de combate à AIDS vigora no calendário de milhares de pessoas ao redor do mundo.
Segundo a Organização Mundial da Saúde, ao final de 2007, 33 milhões de pessoas conviviam com o vírus do HIV, sendo que, diariamente, surgem 7.500 novos casos.
No Brasil, desde 1980 a junho de 2007, foram registrados mais de 470 mil casos, segundo o Ministério da Saúde.

HIV Positivo

DISCOVERY HOME AND HEALTH APRESENTA DOCUMENTÁRIO ‘O AMOR EM TEMPOS DE AIDS’ NA SEMANA EM QUE SE COMEMORA O DIA MUNDIAL DE COMBATE À DOENÇA

POR RAQUEL BEER, FILHA DE MARCIA E ANDRÉ
Sem preconceitos e julgamentos. O filme O Amor em Tempos de AIDS, exibido pelo Discovery Home and Health no próximo sábado, dia 28, apresenta a discussão sobre o assunto delicado a partir de depoimentos, histórias e sentimentos de pessoas que têm a doença e estão aprendendo a lidar com ela. São casos provenientes dos Estados Unidos, Inglaterra, África do Sul, Índia e Rússia.


A exibição do documentário premiado no ano passado pela Association for International Broadcasting foi a forma que a rede encontrou para comemorar o Dia Mundial de Combate a AIDS, que acontece na próxima quarta-feira, dia 1º de dezembro.

“É possível amar alguém soropositivo. Não é diferente de amar qualquer outra pessoa”. A nova-iorquina Christina Rodriguez é filha de um casal infectado e foi diagnosticada com a doença quando tinha três anos – época em que os pais também descobriram que tinham AIDS. Apenas um ano depois, o pai da menina faleceu devido a doenças que ficaram mais poderosas com o sistema imunológico debilitado. Sua mãe, Susan, reagiu e criou o SMART, programa educativo sobre tratamento e cuidados para mulheres contaminadas pelo HIV.

>> Veja o trailer sobre a história de Christina

“Nós nos apoiamos muito em medicina avançada e tivemos que fazer um grande investimento para conseguir algo que deveria ser um processo muito natural e pessoal”

Em 2007, Andrew Evans e Michelle se casaram em Londres. Desde os 12 anos ele é soro positivo, quando recebeu sangue contaminado em um tratamento para hemofilia. Michelle é saudável, mas quer ter filhos. O casal acabou participando de um experimento do Hospital de Chelsea e Westminster, chamado “Lavagem de Esperma”. Assim, eles pretender concretizar o desejo sem prejudicar a saúde do bebê nem a de Michelle.
           
>> Veja o trailer sobre a história de Andrew e Michelle

“Minha irmã me viu quase morrer, mas mesmo assim ela não tem medo de sair com homens diferentes, ir a festas, ficar bêbada e não saber quem a trouxe para casa. O que mais eu tenho que dizer para provar para ela que essa é a realidade?”

Tender Mayundla é uma menina sul-africana que sempre quis ser uma cantora de sucesso. O sonho se tornou realidade quando a menina chegou à final de um concurso sul-africano. Porém, duas semanas depois Tender descobriu que era soropositivo e foi eliminada da competição. O drama da menina não acaba por ai: ela engravidou, mas a doença fez sua resistência ficar tão baixa que o bebê nasceu aos 6 meses e morreu oito dias depois. A luta da mulher é fazer com que sua irmã não cometa os mesmos erros pelo qual ela já sofre.

>> Veja o trailer sobre a história de Tender

Serviço
Exibição de “O Amor em Tempos de AIDS”
Discovery Home and Health
Dia 01/12 – domingo – às 23h
 Fonte:  Pais e filhos

9 horas de músicas relaxantes

Total de visualizações de página

Depende de nós....

Depende de nós....

Populares