Postagem em destaque

Resenha do livro: POSTMAN, Neil. O Desaparecimento da Infância.

Resenha do livro: POSTMAN, Neil. O Desaparecimento da Infância. Tradução: Suzana Menescal de A. Carvalho e José Laurenio de Melo. Rio d...

 




  1. Um anjo desceu à terra... Para escolher a coisa mais linda, mais preciosa e mais pura para apresentar a Deus. 
  2. Primeiro desceu sobre um jardim e escolheu as mais belas e perfumadas flores. .
  3. E colheu aquele inocente sorriso infantil. Depois voou para outro lugar, onde viu uma criança sorrindo. .
  4. Continuou viajando por outras partes do mundo, sempre procurando o que fosse mais belo e precioso. 
  5. Já estava para voltar quando olhou através de uma janela e viu a mãe ninando seu filho. E resolveu levar para o céu também aquele gesto de mãe. .
  6. Voou, voou e assim voltou com as lindas coisas que colhera na terra. Mas que surpresa!!! Verificou que as lindas e perfumadas flores haviam murchado... E o sorriso da criança perdera a bela inocência ... .
  7. Então, com todo o cuidado, pegou O AMOR DE MÃE... Estava intacto!!! Permanecera belo, terno, suave. .
  8. O Amor de Mãe é perene, inabalável; tudo suporta, tudo supera. Mãe é a mão que conduz, o anjo que vela... Mãe é AMOR. .
  9. Enquanto houver mães na terra, Deus estará abençoando o homem com a oportunidade de alcançar a meta da perfeição que lhe cabe.





  1. Texto retirado da net desconheço autor, caso você conheça, por favor me informe para dar os devidos  créditos.
                                                                                                                        

9 horas de músicas relaxantes

Total de visualizações de página

Depende de nós....

Depende de nós....

Populares